Espiritualidade

Enquete

O que você achou do site dos Crúzios
 
Facebook Twitter RSS Feed 
Festa da Santa Cruz PDF Imprimir E-mail

cdd_cruzNós Cônegos Regulares da Ordem da Santa Cruz- Crúzios, neste dia 14 de setembro celebramos o evento fundador de nossa história, nossa espiritualidade: Pela Cruz à Vida.
Nossa espiritualidade está no louvor da Cruz Gloriosa de Jesus Cristo. Como comunidade fraterna, buscamos ser luz para os outros sob o sinal da Cruz, que é fonte de vida e luz para todos.
O Madeiro Glorioso revela o mistério de Deus, o seu imenso amor e a salvação que se manifesta quando a Cruz é reconhecida em nossas vidas. A Cruz é o retrato do amor de Deus que liberta da dor do dia-a-dia.
Em meio à gritante desigualdade social, o povo sofredor da cruz, proclama o anúncio da libertação e o resgate da vida. No Sangue de Cristo os sofrimentos do povo ainda injustiçado e oprimido em seus direitos são libertados com a sua vida, por isso proclamamos o Mistério Pascal. Nós Crúzios glorificamos a Cruz de Nosso Senhor Jesus, agora ressuscitado para conceder a plenitude da vida.
O "tomar a cruz de cada dia" e seguir Jesus não é um conformismo alienado, é sim ato resoluto do discípulo que, a exemplo de Paulo, professa com fé: "Eu me glorio na cruz de Nosso Senhor Jesus Cristo!" (Gl 6,14).
A linguagem da Cruz por si é mais forte do que qualquer outra força. Na Cruz, Jesus Cristo humilhado a fez fonte libertadora para todos os povos. Para os Crúzios, a Cruz fonte de nossa espiritualidade, perdura em uma história de 800 anos. O triunfo desta fonte libertadora (espiritualidade da Cruz Gloriosa) nos dá um espírito renovado, que através da vivência do carisma seremos luz para os outros. É a Cruz de Cristo que ilumina nossa caminhada, como Crúzios.
Portanto a Cruz nos lembra que Cristo Vitorioso, venceu a morte. Assim traçamos sobre nós este sinal de vitória! A cruz é o grito profético contra toda a marginalização humana. Grito sem voz, mas impossível não ouvi-lo. "A mensagem da cruz é escândalo e loucura para os homens, mas é força de Deus para nós." (1Cor 1,18). A vitória de Cristo nos possibilita desde agora celebrar a nossa futura glória no céu. Pois, "se morremos com Cristo, cremos também que viveremos com Ele" (Rm 6,9).