Espiritualidade

Enquete

O que você achou do site dos Crúzios
 
Facebook Twitter RSS Feed 
Despedida ao Pe. Guilherme PDF Imprimir E-mail

Nós sabemos que, se esta tenda, que é a nossa morada terrestre, for desfeita, recebemos nos Céus uma habitação eterna, que é obra de Deus e não é feita pela mão dos homens. (2 Cor, 1)

No despontar de três de novembro, o susto tomou espaço no coração dos crúzios e de todos que patrãonet
amavam a pessoa do Padre Guilherme Van de Lokkant, que exilou desse corpo terreno e foi habitar junto à casa do Senhor. A tristeza estava presente, pois uma pessoa que nessa terra contribuiu através de sua vocação, se doando para a construção do Reino de Deus se fazendo amigo, companheiro, irmão e acima de tudo um pai espiritual dos que nesse mundo estão.

Pe. Guilherme soube viver verdadeiramente o sentido da vida Crúzia, nos ensinando o sentido de viver a nossa consagração.
A morte não é o fim, é apenas o começo, começo da vida Eterna. Se expressa nessa data a consternação pela perda terrena do amigo Lokkant, mas ao mesmo tempo é vivido o regalo de sua ressureição em Cristo. Caro irmão, obrigado por ter compartilhado conosco experiências e momentos especiais em nossa vida, descanse no regaço acolhedor de nossa Mãe Maria junto de nosso Eterno Pai.
Como já dizia um padre crúzio: "Lokkant, hoje você foi provocante, apesar de ter sido sempre crocante, o céu está brilhante, com a sua chegada radiante, no reino do céu triunfante". Ficamos com muitas saudades, o senhor deixou a lembrança, esperança e compromisso de seguir seu exemplo de vida e vocação.
Nós te amamos,
Os noviços da Ordem da Santa Cruz.
Cesar, Hiago e Romário