Espiritualidade

Enquete

O que você achou do site dos Crúzios
 
Facebook Twitter RSS Feed 
Festa de Santo Agostinho PDF Imprimir E-mail

Santo_Agostinho_de_Hipona_4Santo Agostinho

Pai Espiritual da Ordem

No dia  28 de Agosto, comemoramos a festa de Santo Agostinho. Nascido no ano de 354 em Tagaste, atualmente parte da Argélia,  filho de um homem de negócios chamado Patrício e de Mônica, uma mulher de fé fervorosa que teve um papel central na conversão do filho e foi declarada santa. Agostinho um estudante brilhante recebeu uma formação cultural clássica em Apuleio, onde no decorrer da juventude cedeu às seduções pagãs com uma vida desenfreada cheia de vícios. Ainda jovem tinha sua própria escola de retórica. Ao ir para Roma e depois Milão, com o objetivo de lecionar, viu sua mãe Mônica, acompanhá-lo. Neste tempo teve oportunidade de ouvir Ambrósio, bispo de Milão, cujas explicações alegóricas da Sagrada Escritura o conquistaram.  Aos 32 anos, quando derramava lágrimas de angústia, tomou o texto da carta de São Paulo que diz “não em orgias e bebedeiras, mas vestidos do Senhor Jesus Cristo”, Agostinho converteu-se ao Cristianismo e foi batizado em 387 por Santo Ambrósio. Com a morte da mãe, voltou para o norte da África com seu filho e outro companheiro. Dedicou-se ao estudo e a reflexão, comentando os textos da Sagrada Escritura. Em muitas de suas obras teológicas e filosóficas, Agostinho expressou a profunda busca do seu coração pelo mistério de Deus. Ordenado padre em 391, logo depois foi aclamado bispo pelo povo. Mesmo sendo bispo, Agostinho sempre viveu em uma comunidade com alguns padres. Para isso o bispo de Hipona escreveu uma regra de vida, onde sublinhava a importância da vida em comunidade e fraternidade. Esta Regra é adotada por diversas ordens religiosas, entre elas os Crúzios.